Loading...

Atletismo

 

QUEM SOMOS

O Núcleo de Atletismo (NA) do CCDCAM foi criado em Setembro de 2013 e tem como principal objectivo o apoio e dinamização da prática da modalidade de atletismo por todos os nossos associados e familiares directos, bem como divulgar a marca Crédito Agrícola (CA), através da participação dos nossos atletas em vários eventos desportivos associados à referida modalidade.

O número de associados do NA tem vindo a aumentar significativamente, contando já com mais de oito dezenas de membros, distribuídos pela Caixa Central, Caixas de Crédito Agrícola Mútuo e empresas do Grupo Crédito Agrícola.

Se já praticas atletismo ou pretendes iniciar a actividade de corrida, junta-te a nós, aumentando cada vez mais a "mancha verde".


Grupo

Fotografia do Grupo

Galeria de Imagens


Calendário de Eventos

No momento, não existem eventos disponíveis.

Coordenação do Núcleo

Rui Melo - Caixa Central

Miguel Vinagre - CA Serviços

Sérgio Carvalho - Caixa Central

Pedro Sérgio - CA Serviços

Carlos Silva - CA Serviços

Miguel Mendanha - Caixa Central

 

PARA CONTACTAR O NÚCLEO:

ccdcam.atletismo@creditoagricola.pt


Regulamento do Núcleo

 CAPÍTULO I

DENOMINAÇÃO, SEDE, NATUREZA, ÂMBITO E FINS

Artigo 1º

O Núcleo de Atletismo (NA) é uma secção desportiva pertencente ao Centro de Cultura e Desporto do Crédito Agrícola Mútuo (CCDCAM), é constituído por tempo indeterminado e tem a sua sede na Caixa Central do Crédito Agrícola Mútuo (CCCAM) na Rua Castilho em Lisboa.

Artigo 2º

O NA rege-se pelo presente regulamento interno, pelos estatutos e regulamento vigentes no CCDCAM e, subsidiariamente, pelas normas de Direito aplicáveis.

                                          Artigo 3º

O NA tem como objectivo a promoção da prática de atletismo em eventos organizados por outras colectividades que estejam devidamente regulamentados, podendo o NA organizar os seus próprios eventos.

 

CAPÍTULO II

MEMBROS

Artigo 4º

(Disposições gerais)

O NA aceitará como membros todos os sócios do CCDCAM e respectivos familiares do seu agregado familiar (desde que tenham 18 anos de idade) que estejam interessados em praticar a modalidade com a regularidade possível.

Artigo 5º

(Direitos dos membros do NA)

São direitos dos membros, em especial:

  1. Participar nos eventos que estejam previstos e outros que venham a ser decididos participar

  2. Apresentar à coordenação do NA quaisquer sugestões para melhoria do Núcleo

  3. Receber documentação da coordenação sobre todos os eventos em que o NA participou

  1. Usufruir das demais vantagens que o NA venha a conceder aos membros.

Artigo 6º

(Deveres dos membros do NA)

Constituem deveres dos atletas:

    1. Respeitar, prestigiar, dignificar e defender o bom nome e os interesses do Núcleo, assim como do CCDCAM, e ainda de todo o Grupo Crédito Agrícola (GCA)

             2. Cumprir e fazer cumprir os estatutos do CCDCAM e o presente regulamento

             3. Acatar as decisões e deliberações tomadas em conformidade com as disposições estatutárias e regulamentares

  1. Manter conduta cívica e associativa correcta
  2. Uso obrigatório do equipamento atribuído pelo NA, com os logotipos do CA e CCDCAM totalmente visíveis durante a realização da prova
  3. Participar e comparecer com pontualidade à hora estipulada pela coordenação do NA nos eventos aos quais se inscreveu
  4. Pagar mensalmente o valor da quota de membro do NA
  5. Comunicar à coordenação do NA eventuais alterações de dados pessoais.

 

Artigo 7º

(Regime de Protecção de Dados)

Para efeitos de cumprimento do Regime Geral de Protecção de Dados, o membro ao inscrever-se no NA autoriza, de forma livre e voluntária, que o NA recolha os seus dados pessoais e os trate exclusivamente para inscrição nas provas que manifeste a intenção de participar.

O NA guardará os dados dos membros enquanto os mesmos forem necessários para o cumprimento do objectivo para os quais foram recolhidos, no entanto, a qualquer momento, poderá o membro cancelar essa autorização, mediante e-mail para o NA (ccdcam.atletismo@creditoagricola.pt), com informação expressa que pretende o apagamento dos dados.

 

Artigo 8º

(Perda de categoria de membro)

  1. Perdem a categoria de membro:
  2. Os que comuniquem à coordenação, por escrito ou por e-mail (ccdcam.atletismo@creditoagricola.pt), a vontade de abandonar o N
  3. Aqueles a quem foi aplicada a pena de perda da qualidade de membro.
  4. Na situação prevista na alínea a) e caso a sua permanência como membro tenha sido inferior a 12 meses, deverá devolver o equipamento atribuído ou, em alternativa, pagar ao CCDCAM o valor de aquisição.

 

CAPITULO III 

ÓRGÃOS

Artigo 9º

(Disposições gerais)

O NA fará parte integrante e indivisa do CCDCAM, sendo a sua organização e gestão da responsabilidade da coordenação, sempre sob a tutela dos órgãos sociais do CCDCAM.

 

Artigo 10º

(Eleições)

  1. A eleição para a coordenação ocorre de 2 em 2 anos, sendo a votação efectuada via e-mail (ccdcam.atletismo@creditoagricola.pt), com conhecimento de todos os membros.
  1. A 1ª eleição para a coordenação do NA deverá ser marcada até 31 de Outubro de 2018
  2. As candidaturas devem ser apresentadas até 1 mês antes da data marcada para o acto eleitoral.
  3. Os membros das listas candidatas devem cumprir com os seguintes requisitos:
  4. Sócios do CCDCAM e membro do NA há mais de um ano
  5. Quotas em dia e sem dívidas por liquidar

 

Artigo 11º

(Competências da coordenação)

Compete à coordenação:

                 1. Promover a prática do atletismo

             2. Divulgar as provas aos membros através das várias plataformas (site e e-mail)

             3. Proceder à inscrição dos interessados nas provas de estrada calendarizadas

             4. Planear anualmente as actividades e elaborar orçamento

             5. Prestar contas ao CCDCAM.

 

Artigo 12º

(Regime financeiro)

  1. As receitas do NA são provenientes das quotas dos seus membros, das dotações orçamentais e eventuais donativos

  2. Constituem despesas ordinárias:

    1. Inscrições nas provas

    2. Aquisição de material desportivo

    3. Eventuais despesas com deslocações desde que devidamente orçamentadas e com aprovação do CCDCAM

    4. Outras despesas que estejam previstas no orçamento.

  3. Todos os valores monetários do NA serão entregues à direcção do CCDCAM, a qual as depositará em conta própria, fazendo depois uso desses valores monetários de acordo com as necessidades do núcleo.

     

    CAPITULO IV

    PARTICIPAÇÃO EM PROVAS DE ATLETISMO

    Artigo 13º

  1. A participação do NA em provas de atletismo está sujeita a:
  1. Disponibilidade financeira do CCDCAM para fazer face ao custo das inscrições
  2. Número mínimo de atletas para constituir equipa (o número varia consoante a prova)
  3. A coordenação poderá atribuir um valor máximo por inscrição que considere razoável, definindo esse valor no início de cada ano, ou, em alternativa, definir um número máximo de atletas por prova
  4. Na impossibilidade de um membro já inscrito participar numa determinada prova, deverá avisar com a máxima antecedência possível a coordenação do NA.

 

A vaga entretanto criada poderá ser atribuída a outro membro mediante a seguinte ordem:

  1. Outro membro do NA

  2. Funcionário do GCA

  3. Familiar de um membro.

    Caso a vaga não seja preenchida por outro membro do NA, o membro da inscrição fica inibido de participar em futuros eventos, excepto se:

 

    1. A coordenação considerar justificável a ausência do atleta

    2. O membro transferir o valor da comparticipação da inscrição para a conta DO do CCDCAM.

       

  1. Todas as provas realizadas com o equipamento e inscritas em nome do CCD Crédito Agrícola Mútuo serão contabilizadas para efeitos estatísticos.

     

  2.  Para efeitos de registo de tempos, a distância real da prova não deverá ter menos do que 2,5% a menos do que a distância indicada pela organização da prova.

     

Artigo 14º

(Meias-Maratonas e Maratonas)

  1. Um membro que pretenda participar numa Meia-Maratona terá que ter anteriormente participado e concluído uma prova de 10 km ou 15 km.

     

  2. Um membro que pretenda participar numa Maratona terá que ter anteriormente participado, e concluído, uma Meia-Maratona.

     

  3. A coordenação poderá atribuir uma percentagem máxima para a comparticipação nestas provas, caso o orçamento não permita a comparticipação na sua totalidade.

     

     

Artigo 15º

(Trails)

  1. Será definido pela coordenação do NA um responsável ou uma equipa de responsáveis que ficarão encarregues das seguintes tarefas relacionadas com provas de trail:

     

  1. Sugerir à coordenação do NA uma ou mais provas para cada mês com a maior antecedência possível

  2. Enviar e-mail ao NA com a informação preparada da prova escolhida para ser enviado a todos os membros

  3. Após a coordenação informar os atletas interessados em cada prova, a equipa referida fica responsável pelas inscrições e por todas as tarefas relacionadas com a prova.

 

  1. Cabe à coordenação do NA:

     

    1. Optar para cada mês por uma prova das que foram sugeridas pela equipa de responsáveis

    2. Comparticipar posteriormente à realização da prova pelo valor da 1ª data de inscrição e cujo valor por atleta não exceda 15&euro (poderá ser revisto anualmente)

    3. As inscrições para trails ficam condicionadas ao valor orçamentado para cada ano.

       

Artigo 16º

(Membros residentes fora do distrito de Lisboa)

  1. Os membros residentes fora do distrito de Lisboa, podem participar em qualquer uma das provas que constam na calendarização anual do NA

  2. Além destas provas calendarizadas, o CCDCAM comparticipará com o valor das inscrições de 3 provas anuais realizadas no distrito de residência ou no distrito da CCAM onde está vinculado, sendo o registo dessas inscrições por conta dos atletas

  3. Os membros das CCAM&rsquos que residam fora do distrito de Lisboa poderão propor ao NA a inclusão de 1 prova no calendário anual.

 

Artigo 17º

(Outras comparticipações)

  1. O orçamento do NA poderá prever a comparticipação em despesas de deslocação nas provas realizadas fora do distrito de residência, tais como combustível, portagens e refeições.

     

  2. O orçamento do NA poderá prever a comparticipação de material desportivo (ex. sapatilhas, sujeita aos seguintes requisitos:

 

  1. Quotas em dia

  2. Membro do NA há mais de 6 meses

  3. Histórico com pelo menos 300 Kms em pelo menos 10 provas realizadas

  4. A comparticipação não pode exceder 50% do valor do material com um plafond máximo de 50 &euro por atleta

  5. Cada atleta não poderá receber mais do que 1 subsídio por ano.

  6. O total de comparticipações não poderá exceder o plafond previsto no orçamento de cada ano. Caso exceda, ficará em lista de espera para o ano seguinte.

  7. O atleta poderá solicitar novo equipamento de corrida caso tenha um histórico de utilização mínima de 600 km em provas.

  1. A atribuição destas comparticipações estão sempre sujeitas a aprovação da Direcção do CCDCAM.

     

     

CAPITULO V

REGIME DISCIPLINAR E COIMAS

Artigo 18º

(Regime disciplinar)

  1. Por violação culposa dos regulamentos, ou pela prática de actos antidesportivos que ponham em risco o bom nome do NA, podem ser aplicadas aos seus membros, consoante a gravidade da infracção, as seguintes penas:

    1. Repreensão

    2. Suspensão

    3. Perda de categoria de membro

       

  2. São garantidos aos membros os direitos de audiência prévia e de livre defesa.

     

  3. A sanção prevista na alínea C nº1 é da competência da Direcção do CCDCAM com recurso para a Assembleia Geral, a interpor perante petição escrita, devidamente fundamentada, pelo membro, no prazo de 15 dias em carta registada e com aviso de recepção.

 

     4. A sanção prevista na alínea B nº1, terá a duração mínima de um mês e máxima de 1 ano.

 

           DISPOSIÇÕES FINAIS

       Artigo 19º

      (Alterações)

  1. O presente regulamento pode ser alterado mediante propostas da coordenação e dos membros integrantes.

  2. As alterações devem ser aprovadas pelo CCDCAM, entrando em vigor no dia seguinte ao da sua aprovação.

     

Artigo 20º

  (Situações omissas)

Todas as situações omissas no presente regulamento interno ou que gerem interpretação dúbia serão analisadas pela Direcção do CCDCAM tendo sempre presente os interesses da instituição do CA.

 

Revisão aprovada pelo CCDCAM em 15 de Setembro de 2018

 

A Coordenação do Núcleo de Atletismo do CCDCAM

 

Rui Melo

 

Miguel Vinagre

 

Sérgio Carvalho

 

Pedro Sérgio

 

Carlos Silva

 

Miguel Mendanha

 

 

 

 

 

 

 

 


Membros do Núcleo

  Atleta CCAM/Emp.
1 Rui Melo C. Central
2 Miguel Vinagre CA Serviços
3 Sérgio Carvalho C. Central
4 Pedro Sérgio CA Serviços
5 Luis Zêzere CA Serviços
6 Membro inactivo xxxxxx
7 João Pereira C. Central
8 Miguel Mendanha C. Central
9 Pedro Simões CA Serviços
10 Membro inactivo xxxxxx
11 Artur Freire CA Serviços
12 Cândido Alves CA Serviços
13 Lino Gomes CA Inform.
14 Membro inactivo xxxxxxx
15 Catarina Gomes (*) CA Inform.
16 José Luis Vidais Azambuja
17 Rui Chaves Loures
18 Membro inactivo xxxxxxx
19 Sérgio Tavares S.M. Agraço
20 Gonçalo Ferreira (*) C. Central
21 Cândida Esteves CA Serviços
22 Rui Graça (*) C. Central
23 Nuno Simões C. Central
24 Luísa Mourão C. Central
25 Membro inactivo xxxxxx
26 Filomena Oliveira C. Central
27 Andreia Rodrigues Azambuja
28 Carlos Silva CA Serviços
29 Dinis Mantas Sousel
30 João Nascimento Algarve
31 Mário Freitas CA Gest
32 Ricardo Patrício CA Serviços
33 Paula Neto Alcácer Sal
34 Miguel Gonçalves Pombal
35 Rui Moreira Pombal
36 Nuno Rosa Pombal
37 Rui Tomás Loures
38 Humberto Picoito Algarve
39 Membro inactivo xxxxxxx
40 Membro inactivo xxxxxxx
41 Membro inactivo xxxxxxx
42 André Fangueiro P. Varzim
43 Victor Lobo C. Central
44 Pedro Santos C. Central
45 Membro inactivo xxxxxx
46 Membro inactivo xxxxxx
47 Rita Pedro CA Serviços
48 Pedro Pedro (*) CA Serviços
49 João Rodrigues (*) CA Vida
50 André Lopes Pombal
51 Filipe Simões Pombal
52 Membro inactivo xxxxxxx
53 João Vieira (*) CA Serviços
54 Sandra Santos Loures
55 Membro inactivo xxxxxx
56 António P. Amaral CA Inform.
57 Membro inactivo xxxxxxx
58 António J. Amaral CA Serviços
59 José Luís Maia C. Central
60 Carlos Martins C. Central
61 João Tobias E.T. e Sado
62 Jorge Eliseu C. Central
63 Pedro Costa Costa Azul
64 Carla Venâncio C. Central
65 Bruno Lima Pombal
66 Paula Picoito Algarve
67 Luís Vieira Pombal
68 Bruno Rocha CA Vida
69 Pedro Figueiredo C. Central
70 Luís Damião (*) C. Central
71 André Dias C. Central
72 Andreia Pereira (*) C. Central
73 Luís Antunes (*) CA Serviços
74 Pedro Fernandes CA Serviços
75 João Ferreira CA Serviços
76 Carla Domingos CA Serviços
77 António Santos (*) CA Serviços
78 Membro inactivo xxxxxxx
79 Marco Bastos CA Serviços
80 Hugo Marouvo Pombal
81 Joana Puga CA Serviços
82 Sónia Andrade (*) C. Central
83 Nuno Graça C. Central
84 Gonçalo Freitas Pombal
85 Jorge Honório Cartaxo
86 Tiago Carvalho Pombal
87 Ana Cortez C. Central
88 Nuno Póvoa Alen. Central
89 Rui Pereira CA Serviços
90 Ana Pereira CA Serviços
91 Mónica Bastos CA Serviços
92 Rúben Baeta Pombal
93 João Cavaleiro CA Serviços
94 Carmen Santos Costa Azul

 

(*) Familiar

 


Download de Ficheiro

Corrida do Tejo 2018 - Classificação provisória feminina Corrida do Tejo 2018 - Relatório Corrida da Linha /Destak 2018 - Relatório Corrida Jumbo 2018 - Classificação Geral Corrida Jumbo 2018 - Relatório Prova do Bodo 2018 - Classificação Geral Prova do Bodo 2018 - Relatório Provas no mês de Outubro de 2018 Provas no mês de Setembro de 2018 Corrida das Fogueiras 2018 - Classificação Geral e por Equipas Corrida das Fogueiras 2018 - Relatório EDP Running Wonders de Guimarães 2018 - Relatório Corrida Volkswagen 2018 - Classificação Geral Corrida Volkswagen 2018 - Relatório Corrida de Santo António 2018 - Classificação Geral Corrida de Santo António 2018 - Relatório Corrida das Pontes 2018 - Relatório Corrida Solidária Hovione 2018 - Classificação Geral Corrida Solidária Hovione 2018 - Relatório Corrida Saúde + Solidária 2018 - Classificação Geral Corrida Saúde + Solidária 2018 - Relatório Corrida 1º de Maio 2018 - Classificação Geral Corrida 1º de Maio 2018 - Relatório Corrida Terry Fox 2018 - Relatório Estafeta Cascais/Oeiras/Lisboa - Classificação Geral Estafeta Cascais/Oeiras/Lisboa - Relatório Corrida do Benfica 2018 - Relatório Corrida dos Sinos 2018 - Relatório Corrida da Árvore 2018 - Classificação Corrida da Árvore 2018 - Relatório Vitalis 7K Jamor 2018 GP Atlântico 2018 - Classificação Geral GP Atlântico 2018 - Relatório Meia Maratona de Cascais 2018 - Classificação Geral Meia Maratona de Cascais 2018 - Relatório Corrida Fim da Europa 2018 - Classificação Geral Corrida Fim da Europa 2018 - Relatório Corrida com os Campeões 2018 - Classificação Individual Masculinos Corrida com os Campeões 2018 - Classificação Individual Femininos Corrida com os Campeões 2018 - Relatório
« Voltar